Casa > Mistério > Ficção > Japão > A devoção do suspeito X Reveja

A devoção do suspeito X

The Devotion of Suspect X
Por Keigo Higashino Alexander O. Smith,
Avaliações: 28 | Classificação geral: Boa
Excelente
14
Boa
10
Média
4
Mau
0
Horrível
0
Yasuko vive uma vida tranquila, trabalhando em uma loja de bento em Tóquio, uma boa mãe para seu único filho. Mas quando seu ex-marido aparece à sua porta sem avisar um dia, seu mundo confortável é destruído. Quando o detetive Kusanagi, da polícia de Tóquio, tenta reunir os acontecimentos daquele dia, ele se vê confrontado pelas circunstâncias mais intrigantes e misteriosas que ele já teve.

Avaliações

Comentário deixado em 05/18/2020
Brady Rowley

Incomum e familiar, A devoção do suspeito X é um mistério despretensioso com uma abordagem surpreendente.

É um livro que brinca com a própria definição do conceito de `` spoilers '': começa com algumas horas nas rotinas diárias de nossos personagens principais e depois rapidamente entra em uma cena emocional que resulta em assassinato. Eu admito que estava em dúvida; como eu deveria me interessar por um mistério em que eu já sabia as respostas para 'quem-o-onde-por que-quando-quando'? Mas Hiashino é bastante magistral, desenhando um véu sobre a disposição do corpo. O leitor fica em uma posição única de saber mais do que a polícia sobre onde a investigação deve terminar, mas descobrir pistas com a polícia enquanto trabalha para trás.

A narrativa segue a investigação policial e o ponto de vista dos autores, deixando-me maravilhada com o jogo de xadrez. Algo me lembra Agatha Christie, embora possa ser que ela seja a única em quem sempre penso quando se trata de assassinatos não sangrentos e de uma forma mais sutil de suspense. É um livro que trata tanto de personagens e protocolos sociais quanto de mistério, mas não deixe que isso o assuste. Há um cheiro distinto de ficção literária sobre isso também, uma história que também é sobre a vida cotidiana e os sonhos futuros dos personagens.

Minhas queixas são muito pequenas; havia uma preponderância de caracteres cujos nomes começavam com 'K' e acredito que pelo menos dois tinham o primeiro e o último nomes com 'K.' Uma mudança do uso do nome para o sobrenome, dependendo de quem estava falando, se mostrou inicialmente confusa e me deixou feliz por poder voltar algumas páginas. O final ... suspiro. Apropriado, mas me deixando ambivalente. O ar da melancolia é forte demais para eu querer adicionar isso à minha biblioteca, portanto, menos de 5 estrelas.

O fato de este ser um best-seller no Japão me deixou confuso. De acordo com a página de GR do autor ",A devoção do suspeito X foi o segundo livro mais vendido em todo o Japão - ficção ou não-ficção - no ano em que foi publicado, com mais de 800,000 cópias vendidas. "Acho isso especialmente interessante quando penso no mistérios thrillers que rotineiramente estão nas listas de best-sellers americanos. Esse é quase o tipo exatamente oposto de história e, para mim, um longe mais gratificante. Fico curioso para conferir os outros trabalhos de Higashino.


Quatro caixas e meia de bento.

Agradeço aos Carols e Vivian por terem deixado essas críticas atenciosas que me intrigaram o suficiente para solicitá-lo!
Comentário deixado em 05/18/2020
Germaun Haverland

O whodunit clássico funciona de maneira incorreta, o mesmo que um truque de mágica. Como é o caso do mágico, assim como o escritor de mistérios - quanto mais a habilidade na suavidade da execução, mais misterioso o truque parece. Mas, diferentemente do mágico (que nunca conta), o autor conta tudo no final: como o detetive inteligente revela como o público foi enganado pelo vilão, o leitor também fica igualmente pasmo. O sucesso do mistério é diretamente proporcional à quantidade de mistificação.

Neste romance, Keigo Higashimo apresenta uma variação inteligente. O assassinato acontece durante o primeiro e o segundo capítulos, e nós sabemos imediatamente quem cometeu isso! Yasuko, uma mãe solteira que vive sozinha com a filha é forçada a matar o ex-marido em legítima defesa. Quando ela planeja se entregar, seu vizinho Ishigami, um gênio matemático recluso que é obcecado por ela, o impede. Ele inventa um álibi aparentemente inquebrável para mãe e filha: no entanto, infelizmente para Ishigami, o físico e detetive amador Manabu Yukawa, seu ex-colega de classe e gênio de posição igual, está no caso. O que se segue é um absorvente jogo de gato e rato entre os dois, com desfecho realmente devastador.

O núcleo do mistério não é novo - lembro-me do mesmo enredo usado em pelo menos mais três histórias de outros autores (não, não revelarei quais são elas!). Eu deveria ter visto o final chegando, mas fui enganado por uma simples manobra do autor. Há um grande buraco na trama - a polícia imediatamente se aproximando de Yasuko e sua filha é inacreditável - mas podemos tolerar isso em uma história tão bem escrita.

O que me fascinou, e elevou este livro a quatro estrelas, foi a disputa entre o matemático - que gosta de criar quebra-cabeças insolúveis - e o físico interessado em alterar as leis da natureza de seu comportamento e construir modelos matemáticos para o mesmo. O problema P = NP - se é mais fácil encontrar uma solução para um problema sozinho ou verificar se a solução de outra pessoa está correta ou não - me parece fascinante.

----------------------------------------

PS: Eu li este livro por causa do filme de sucesso Malayalam Drishyam ("Visual"), rumores de ser plagiado. Embora o filme seja provavelmente inspirado por essa história, não é uma cópia e uma nova versão do "álibi inquebrável".
Comentário deixado em 05/18/2020
Levi Linne

A devoção do suspeito X é uma leitura obrigatória para quem aprecia procedimentos policiais, mistérios, matemática, Japão, literatura. . . Eu poderia continuar. The Devotion of Suspect X é o terceiro da série Detective Galileo, mas eu não tive a impressão de que me faltavam informações básicas ou de relacionamento obtidas nos dois livros iniciais. De fato, não houve referências a casos ou mistérios anteriores para sugerir a existência de livros anteriores. Se não fosse pela publicidade dos editores no livro, eu não teria imaginado que sim.

Então, por que The Devotion of Suspect X é uma excelente leitura?
1. O detetive principal, Kusanagi, é uma flecha normal, padrão, padronizada, atenciosa e reta. O que distingue esse romance de outros procedimentos policiais é o amigo de Kusanagi, Yukawa, físico. Yukawa resolve o mistério e se preocupa profundamente com o resultado. Porque ....
2. Ishigami, um professor de matemática do ensino médio, cujo brilhantismo e devoção à matemática estão aqui alocados para ajudar seu vizinho comum e amável na encoberta de um assassinato, empregando uma orientação magistral para focar a polícia em questões e questões que não desperdiçam tempo . Seus esforços para motivar estudantes apáticos do ensino médio ganharam meu respeito e, ao mesmo tempo, minha pena. Caso contrário, ele não é um personagem fácil de conhecer ou sentir algo, exceto que a preocupação de Yukawa por ele faz o leitor se importar. No entanto, você respeita o gênio dele.
3. O final é um dos melhores que eu já li. O mistério foi resolvido 20 páginas antes. Não importa. Há muitos romances de suspense ou mistério que recebem um A + pela trama, mas não têm idéia de como escrever um final convincente. Eu li os últimos parágrafos várias vezes - eles eram tão bons assim.
4. Japão O estilo deste romance é insanamente dirigido por tramas e ao mesmo tempo calmo, silencioso, metódico e atencioso. Sem pneus estridente. Sem brigas entre os detetives. Não há ameaça de armas. Em um universo alternativo onde Lee Child é criado e mora no Japão, essa pode ser a série que ele teria escrito em vez dos livros de Jack Reacher (que eu também amo, por diferentes razões, e que são culturalmente e essencialmente americanos).

Vou encontrar o meu próximo livro do detetive Galileu ...

Comentário deixado em 05/18/2020
Aaronson Shulund

A DEVOÇÃO DO SUSPEITO X não é apenas uma experiência de leitura cultural multifacetada, mas também complementa agudamente o familiar suspense psicológico / suspense / gênero de mistério, inspirando a filosofia japonesa. Keigo Higashino astuta e sutilmente induz o leitor a contemplar as complexidades imensuráveis ​​da psique humana, questionando o que motiva um ser humano a julgar quem é digno da vida e quem não é.

A programação diária de Tetsuya Ishigami é exatamente o que se esperaria de um professor de matemática japonês. Suas tentativas malsucedidas de motivar alunos visivelmente entediados e apáticos desencorajam Ishigami, e sua única paixão por resolver uma fórmula matemática complexa estão fora da sala de aula, dentro dos limites de seu pequeno apartamento. Uma vida árida esculpida por necessidade muda drasticamente quando Yasuko e sua filha Misato se apresentam como seus novos vizinhos. Ele imagina uma vida de fantasia com eles, ouvindo mãe e filha através das finas paredes dos apartamentos, e sua caminhada diária para a escola inclui uma parada para comprar seu almoço embalado na pequena loja onde Yasuko trabalha. Dentro desse contexto fictício, Ishigami surpreendentemente exibe um desejo feroz de proteger mãe e filha, e assim começa uma história bizarra que se origina com a chegada inesperada do nefasto ex-marido de Yasuko, Togashi.

Divulgar as minúcias complexas desse conto de suspense exigiria * spoilers. * O esquema magistral, metódico e desonesto de Ishigami exige uma exposição hábil da dupla incongruente, mas altamente agradável, do Dr.Yukama e do Detetive Kusanagi, os intrépidos investigadores que estão destinados a desvendar o enigma chocante e incompreensível. Os graduados da Universidade Imperial em diferentes áreas, Ishigami, Yukama e Kusanagi, parecem igualmente iguais; Ishigami, mestre matemático não apreciado de um crime metódico cometido para proteger Yasuko e Misato, e Yukama, mestre proeminente de raras observações intuitivas das fragilidades humanas, e Kusanagi, advogado resoluto da justiça, combinam seus juízos incomparáveis ​​com uma conclusão inacreditável impressionante. O drama factual depende principalmente da perseguição intelectual de "gato e rato" entre Ishigami, "Buda" na Universidade e Yukama, carinhosamente conhecido como "Professor Galileu" pela polícia.

Inicialmente, a tradução estava um pouco empolgada, mas, uma vez absorvida no livro, dificilmente era perceptível. Além da premissa absolutamente fascinante e distinta, o meio cultural retratava uma visão contemporânea informativa da vida japonesa.


Comentário deixado em 05/18/2020
Dewhirst Cebollero

Não. Não, este não é o seu típico livro de detetive-assassinato-caça-rato. Este é quase um thriller psicológico, onde a resposta foi lançada ao leitor desde a primeira página, mas dá a emoção com reviravoltas incríveis e reviravoltas sobre o motivo pelo qual o personagem fez o que fez.
O título foi dado tão apropriadamente. Isso explica tudo! Porra, este livro é tão bom. O gênio matemático colidindo com seu antigo colega de escola, outro gênio da física. Está tudo lá fora. Não há muito a resolver para descobrir quem fez o óbvio ou as razões por trás disso. É o intenso estudo e apresentação de personagens que tornaram o livro tão incrível. Sim, existem falhas quando as coisas tendem a voar acima de sua cabeça quando esses dois gênios aparentemente falam sobre as mesmas coisas. Eu não acho nem necessário. Mas ainda .... uau ... eu estava impressionado ... e impressionado ainda.

Para um livro como este, se eu tentar escrever algo sobre a história ou o enredo, isso estragará tudo. Então não vou. Mas eu garanto a você que é uma leitura muito diferente, com um estudo aprofundado dos personagens e as razões pelas quais e o que aconteceu. Ah, a devoção. Sério, é tudo sobre essa devoção.

Este livro é uma loucura boa loucura.
Comentário deixado em 05/18/2020
Sugden Uber

Wowwww, eu amei tanto isso. Foi tão bom assistir esse quebra-cabeça se unir.

Assista à minha resenha completa: https://youtu.be/_8bLtNauZyA
Comentário deixado em 05/18/2020
Pavier Mitthu

Devo dizer que este livro foi uma delícia !! O enredo foi muito bom !! Eu tive que pesquisar no google algumas coisas, mas aprendi algumas coisas que não sabia antes deste livro. Agradeço ao meu amigo Goodreads, LaTonya, pela recomendação.
Comentário deixado em 05/18/2020
Atwekk Mila

Que livro fantástico! Narração brilhante da trama do autor. Um dos melhores livros do gênero suspense que li até agora. É sobre um assassinato e como o protagonista ajuda o culpado a encobrir o crime que recriou a cena do crime (sem revelar os detalhes aqui). O clímax é absolutamente surpreendente e definitivamente mantém o leitor atento.

Gostaria de saber se o filme em hindi / malaio "Drishyam" foi inspirado por este livro. Gostei imensamente disso!
Comentário deixado em 05/18/2020
Barde Mensinger

A devoção do suspeito X é o terceiro livro da série 'Detective Galileo' do autor Keigo Higashino. A razão pela qual acredito que conseguiu alcançar tal popularidade é porque o livro se libertou dos grilhões do formato típico 'whodunnit'. O autor nos apresenta um desafio maior do que se perguntar quem é o assassino: ele nos mantém pensando sobre como o assassinato pode ser oculto, a fim de torná-lo um crime perfeito.

A premissa da história, como frequentemente repetida, é simples.

Yasuko é mãe solteira de sua filha adolescente, Misato. Ela é frequentemente incomodada pelo ex-marido, que reaparece intermitentemente para extorquir dinheiro dela. Um dia, as coisas saem um pouco do controle, e Yasuko, em um terrível ataque de raiva, acaba matando-o. Sua vizinha Ishigami, professora de matemática do ensino médio, vem em seu socorro. Ele lhe dá o álibi perfeito, com o plano perfeito para encobrir o assassinato.

Investigando o assassinato está o detetive Kusanagi, que se vê envolvido em um de seus casos mais intrigantes. Ele pode sentir que algo está errado, mas não consegue identificar. Assim, ele recebe a ajuda de seu amigo, Yukawa, um físico com tendência a solucionar crimes, ganhando o título de 'Detetive Galileu'.

O que se segue a seguir é a batalha de inteligência entre os dois gênios: Ishigami e Yukawa. À medida que a história avança, somos forçados a pensar, nas próprias palavras do autor,"O que é mais difícil: planejar um problema insolúvel ou resolvê-lo". Eu acredito que esses dois personagens são os melhores esboçados, e eles me interessaram mais.

No entanto, uma desvantagem do romance foi a péssima tradução ruim. As sentenças eram espasmódicas e o sabor do livro foi destruído pelas sentenças flácidas. Então, levei um tempo para ignorar isso e me envolver na história. Além disso, no meio, ficou meio lento, e eu gostaria que houvesse mais reviravoltas ou ações.

No geral, foi uma leitura bastante agradável, mas algumas coisas estavam fora de controle que me impediram de amoroso No entanto, recomendo vivamente a todos aqueles que gostariam de saborear algo fora do comum, em uma noite de inverno ou de chuva.

3.5 estrelas.
Comentário deixado em 05/18/2020
Floss Cofresi

Quando o crime, o (s) autor (es) e o motivo foram revelados nos primeiros capítulos, eu tinha certeza de que faria uma leitura anticlimática. Como um autor manteria um leitor interessado pelo restante do livro ?! Higashino conseguiu, e de uma maneira fenomenal, que mesmo quando eu pensava entender o básico em que a investigação se baseava, a reviravolta na trama no final foi como um tapa na cara. Você realmente não percebe que está envolvido em um jogo de gato e rato até o fim. Foi-me dito que entrar, e ainda não me ocorreu até depois que eu terminei. Que título apropriado também! Adoro quando tudo se junta assim. Como manteiga!
Comentário deixado em 05/18/2020
Palm Lindzy

Uau! Eu terminei de ler as 220 páginas ímpares finais em menos de 3 horas. Isso deve ser algum tipo de melhor pessoal para mim.

Todos os thrillers de crime que eu tinha lido antes tinham o mesmo modelo da whodunit clássica, com algumas alterações aqui e ali. Mas sempre estava em mim tentar adivinhar a identidade do culpado até o fim, quando o livro finalmente fornece a revelação.

Mas e se você já disser 'quem fez' nos primeiros dois capítulos? Acredite, eu pensei que era o fim do livro. Quero dizer, como um thriller policial pode ser mantido interessante quando você já sabe quem é o assassino? Afinal, não estamos esperando algo como 'Crime e Castigo'.

E essa é talvez a maior conquista de 'The Devotion of Suspect X', de Keigo Higashino, a primeira da série Detective Galileo. Este romance alcançou status de culto no Japão e vendeu mais de 2 milhões de cópias, além de ser transformado em uma bem-sucedida adaptação para a tela. Quando terminei de ler isso, pude ver o porquê.

A história começa em um bairro tranquilo de Tóquio, onde uma mulher solteira Yasuko e sua filha Misato estão vivendo pacificamente. Seu vizinho Ishigami é um matemático talentoso que agora trabalha como professor da escola. Quando o ex-marido de Yasuko aparece à sua porta em uma noite fatídica, um momento de indiscrição da mãe e da filha resulta em rodas sendo acionadas. Ishigami de alguma forma se envolve em tudo isso e a situação se transforma em algo a partir do qual ninguém pode voltar a viver suas vidas normais. Acha que já estraguei um pouco para você? Fique tranquilo, não revelei o que constitui a essência da trama. O que se segue é um fascinante jogo de gato e rato entre Ishigami e Manabu Yukawa, professor assistente de física e detetive amador também conhecido como 'Detetive Galileo'.

Este livro não trata tanto das consequências do crime, mas também de como o crime foi cometido e das possíveis razões para cometê-lo do ponto de vista do investigador. Você já sabe quem é o culpado, mas ainda existem muitos aspectos que ainda não estão claros, o que atrai o leitor para a história. Existem também algumas subparcelas - uma delas sendo uma conexão antiga entre Ishigami e Yukawa, o que torna suas conversas deliciosas de ler enquanto falam de ciência e lógica matemática.

Mas a narrativa talvez surja como a maior vencedora deste romance. A abordagem única poderia ter dado errado se a narrativa não tivesse sido escrita com firmeza e com ritmo perfeito. Notas completas para o autor, bem como para o tradutor Alexander O. Smith, que mantém o interesse do leitor até o fim e nos torna um absoluto virador de páginas. Eu também gostei de como temas como paixão, amor platônico e devoção (sim, está no próprio título) foram explorados ao longo da história.

Vou com 4 estrelas para 'The Devotion of Suspect X' de Keigo Higashino. Este é meu primeiro contato com a literatura japonesa, e meu apetite anseia por mais. Altamente recomendado para fãs de ficção criminal internacional.
Comentário deixado em 05/18/2020
Kehoe Slunaker

Um final tão surpreendente e sinuoso! Teria adorado um pouco mais de descrição na escrita e nem todos os personagens se sentiram tão bem desenvolvidos, mas a tensão ao longo do livro foi excelente.
Comentário deixado em 05/18/2020
Burgess Decaire

Sutil, hábil, triste.

& bem diferente de tudo o que eu já li.

Isso me fez pensar em duas pessoas inteligentes jogando xadrez. Shogi também é conhecido como xadrez japonês


Impossible to review without spoilers, impossible to stop thinking about.

Agradeço ao amigo da vida real Peter por colocar isso em minhas mãos, da última vez que estive na biblioteca.

Leia agora.
Comentário deixado em 05/18/2020
Xerxes Sozio

O que posso dizer sobre este livro? É um corte acima do resto quando se trata de ficção criminal. Higashino criou a história mais impressionante que mescla problemas matemáticos com procedimentos policiais, e acrescenta a ele uma prosa eloquente, personagens fascinantes e uma reviravolta no final que acabará com você.
Um jovem fica chocada um dia ao encontrar seu ex-marido à sua porta. Mal ela sabe, ela será presa em um misterioso turbilhão de suspeitas, onde ninguém é quem eles realmente parecem. Para um livro tão longo (mais de 400 páginas, o que é longo para mim!), Consegui terminar isso em duas sessões. Eu não aguentava o fato de ter que me afastar do livro para fazer coisas domésticas como comer e dormir. Se os outros livros deste autor forem bons, eu os adicionarei ao carrinho de compras em alta velocidade.
Comentário deixado em 05/18/2020
Marl Wheeldon

A devoção do suspeito X começa com Yasuko, uma mãe divorciada que vive com sua filha Misato. O ex-marido abusivo que está exortando dinheiro dela decide aparecer em sua casa. As coisas saem do controle e Yasuko acaba matando-o com a ajuda de Misato. Sua vizinha, Ishigami, professora de matemática do ensino médio, ciente do incidente, assume o controle da situação e a ajuda a se livrar do corpo, a encobrir o assassinato e a fornecer instruções sobre o papel a desempenhar.

Este livro é simplesmente incrível. Eu estava na beira do meu assento o tempo todo me perguntando como tudo acabaria. Foi uma delícia ver dois gênios lutando contra isso. Temos Ishigami, um professor obcecado por matemática, que gosta de resolver problemas difíceis, e Yukawa, um físico e seu ex-colega que é mestre em observação e ajuda a polícia com frequência em suas investigações e é conhecido como detetive Galileu. Nos é apresentado um enigma matemático: P = NP - se é mais difícil pensar na solução de um problema ou verificar se a resposta de outra pessoa para o mesmo problema está correta. Ishimagi tece uma história elaborada de assassinato ao seu redor e apresenta a resposta enquanto Yukawa se apóia.

O brilho do livro reside na sua simplicidade. Ishigami gosta de projetar problemas de uma maneira que aproveite o ponto cego criado pela suposição da pessoa que o engana. Desde o início, recebemos algumas informações e tentamos descobrir isso considerando uma possibilidade, mas no final descobrimos que caímos na armadilha. É isso que Ishigami faz e é o que o livro faz com você. Eu peguei as vibrações de L e Kira simplesmente por causa da maneira como os dois estavam tentando se superar. Eu me senti muito mal por Ishigami no final, porque seu plano desmoronou, apesar dele fazer tudo ao seu alcance para torná-lo bem-sucedido. Eu simpatizei com ele quando aprendi o motivo de sua devoção. Mas todas as ações têm consequências e isso não é diferente. No entanto, gostei imensamente do livro.

“Quando um amador tenta ocultar algo, quanto mais complexo ele faz sua camuflagem, mais profundo é o túmulo que ele escava. Mas não é um gênio. O gênio faz algo muito mais simples, mas algo que nenhuma pessoa normal sequer sonharia, a última coisa que uma pessoa normal pensaria em fazer. E a partir dessa simplicidade, uma imensa complexidade é criada. Praticamente resume tudo.

Se você é fã de suspense, definitivamente deveria ler este livro.
Comentário deixado em 05/18/2020
Hung Ippolito

Keigo Higashino: =)


Tradutor: você quer ler isso? Mwahahahaha. Coma mah merda !!!!!


Eu:

Meh. Hummm ... ok. Ohh, está ficando interessante. Ayt. Quem diabos traduziu isso ??! Ohhh bem. Ainda é muito bom. Impressionante. O que. Ahhh!!! Ahhhhh !!! Whoah realmente ??? Ahhhhhhh !!!! * welp * Whewwww. Uau. Whyyyyyy. Uau!!!


Você:

???????????????????????????????????????????????????????????? ??????????????????

{avaliação da escola primária, mas eu provavelmente deveria clicar no esforço}
\
(-_-)


Pessoa chata:

Uma reviravolta totalmente diferente nos motivos mais cobertos de mistério de assassinato, este romance certamente trará arrepios aos fãs do gênero e a leitores casuais. Eu não vou estragar a diversão estragando nada, mas vou dizer que já faz um bom tempo desde que eu realmente gostei de um desse gênero. O crime é cometido nos dois primeiros capítulos sem esconder a identidade dos culpados e você pode ficar se perguntando o que mais há para você ler. Não cometa o erro de assumir isso. Keigo Higashino inventa cuidadosamente uma fachada em camadas de um crime que supera outros chamados crimes de paixão. Além disso, uma batalha intelectual, como uma partida de xadrez, continua em segundo plano. Você simplesmente não pode parar de ler. Para mim, o ponto mais forte deste romance são os personagens; eles realmente se apossam de você e você não pode deixar de ter empatia. Desde que Crime e Castigo eu torci para que o culpado, ou os culpados neste caso, fiquem livres. A tensão aumenta de forma constante e nunca diminui. Então a revelação leva você inesperadamente e eu nem cheguei perto de adivinhar. Como um mágico, Higashino emprega cuidadosamente a direção errada para se adequar ao seu truque. Até o final amargo, você ficará sem fôlego. Meu único problema com isso é a tradução de Alexander O. Smith. Parece um pouco áspero e, às vezes, o fluxo do livro parece estagnado. Não que seja ilegível, mas em melhores mãos essa experiência teria sido muito melhor. Em suma, um ótimo romance policial que é ao mesmo tempo terrivelmente inteligente e afetante.


Citar:

"Não saber a verdade pode ser um crime em si, ela percebeu."
Comentário deixado em 05/18/2020
Alitha Isaacks

Talvez uma incompatibilidade cultural para mim: achei o ritmo do livro muito lento, o elemento romântico vitoriano, na melhor das hipóteses, e a idéia de que físicos e matemáticos brilhantes também seriam brilhantes em investigar irrealistas.

O cenário japonês é interessante. O livro tem boas reviravoltas no final, mas o enredo leva muito tempo para chegar lá.
Comentário deixado em 05/18/2020
Bertram Prendes

Há um assassinato. Há um suspeito. Há um policial. No entanto, no breve espaço de alguns capítulos bastante diretos, esses elementos se transformam. O crime se torna um tabuleiro de xadrez. O criminoso se transforma em pedaços de preto, o homem da lei em pedaços de branco, enquanto nos afastamos para encontrar os verdadeiros jogadores - dois acadêmicos, amigos de muito tempo atrás, que se vêem enfrentando uma batalha de inteligência.

Tudo aqui é enganoso, incluindo a modesta reserva com a qual Higashino relata sua história. Aquelas mangas dele estão cheias de truques ... e um único coração escondido.
Comentário deixado em 05/18/2020
Sandy Howling

Este é o meu primeiro autor japonês que eu tentei. Foi uma leitura impressionante para mim. Devo admitir que a história ocasionalmente é um pouco sensível. By the way, esta é uma história absoluta de "melhor leitura" absoluta que o emocionará desde o início.

Quando você começa a virar as páginas, você se familiariza com Yasuko Hanoaka, uma mãe solteira que precisa se mudar para se afastar de seu ex, enfim se encaixa quando ele aparece em sua nova entrada. Quando ela e sua filhinha o matam por coincidência, Yasuko planeja se entregar como a única culpada a salvar sua filhinha. Enter deu ao vizinho Ishigami, um educador de matemática da escola secundária equipado para dar a explicação ideal: seguro demais para ser quebrado de qualquer maneira, com a intenção deliberada de parecer concebível em vez de idealizado.

Ishigami coloca sua vida em risco por Yasuko, considerando o fato de que ele a valoriza. Até o arranjo definitivamente invertido de inversões no final, o criador Keigo Higashino produz pressão recheada de muita tensão.

Se você tem este livro na sua pilha de TBR, não espere mais, faça a sua próxima leitura!
Comentário deixado em 05/18/2020
Sirotek Varsh

Eu nunca li nenhum livro desse escritor antes. Mas, depois de terminar o Suspect X, senti que precisava ler seus escritos com mais frequência! isso foi IMPRESSIONANTE, SIMPLESMENTE IMPRESSIONANTE! Se você gosta de suspense ou mistério, precisa ler!

O enredo foi muuuuito bom! A reviravolta na última parte foi simplesmente alucinante. Pode parecer um caso de assassinato comum no começo. Mas, quando você continuar lendo, descobrirá diferentes aspectos desse caso simples e simplesmente não poderá adivinhar tudo. Você assumirá que isso pode ter acontecido, mas você estará errado com certeza! E para mim, essa é a beleza de um suspense perfeito.

Keigo Higashino, sem dúvida, fez um trabalho incrível. * palmas *
Comentário deixado em 05/18/2020
Kappel Mcmennamy

The Devotion of Suspect X é um dos livros mais impressionantes que eu já li. Keigo Higashino conseguiu narrar com sucesso a história complexa e desconcertante de um assassinato e o subsequente encobrimento brilhante.

Este livro baseia-se fortemente na lógica e nas falhas do processo de pensamento humano - tirando proveito do chamado Pontos cegos que surgem devido às suposições que fazemos subconscientemente. Ao contrário de muitos outros livros desse tipo, a polícia é retratada como incrivelmente competente, tornando a história ainda mais fascinante. Eu me vi alternando entre torcer pela polícia e torcer pelos suspeitos; uma luta entre candidatos dignos.

Uma história incomum e cativante, o final me deixou um pouco angustiado, o que funcionou perfeitamente com o resto da narrativa. A devoção do suspeito X é impressionante, para dizer o mínimo. Estou realmente ansioso para ler os outros trabalhos de Higashino.
Comentário deixado em 05/18/2020
Luane Dipersio

3 1/2 estrelas

Fiquei empolgado ao saber que um dos grupos misteriosos aos quais pertenço aqui no GR o escolheu em junho / julho, uma vez que o áudio estava no meu iPod por alguns anos. Eu não tinha ideia do que esperar e fiquei agradavelmente surpreendido com o quanto gostei disso, minha primeira saída com um mistério de assassinato japonês.

Gostei especialmente da natureza cerebral da história, em que seguimos um detetive da polícia e seu amigo físico / professor Dr. Yukawa, também conhecido como Professor Galileo, enquanto tentam determinar quem matou o ex-marido de um funcionário da lanchonete, Yasuko Hanaoka. Nós, leitores, sabemos desde quase o começo que ela o matou e que seu vizinho, um tímido professor de matemática, se ofereceu para ajudar a se livrar do corpo. Então, para nós, isso não é uma unidade, mas uma história de que eles serão pegos. . . a polícia, com a ajuda de seu amigo Galileu, descobrirá. E para adicionar outra camada, Galileu e o professor de matemática, Ishigami, foram juntos à escola e são ambos brainiacs! Eu amei o jogo de gato e rato da polícia tentando descobrir tudo isso, e uma vez que Yasuko e seu cúmplice são suspeitos, tentando determinar o que eles fizeram e como provar isso. Galileu e Ishigami têm um respeito pelo poder cerebral um do outro, e eu adorei as conversas que eles tiveram sobre construir e resolver problemas difíceis como este. Não descobri a solução, que se desenrolou lentamente em uma série de conversas, tornando este livro uma leitura satisfatoriamente diferente.

Alguém apontou em nossa discussão em grupo que, em todos os livros de Higashino, a vítima não é um personagem compreensivo e o leitor quase sempre está torcendo pelos autores do crime, algo que acho que nunca experimentei antes. Isso despertou meu apetite pelo próximo livro da série, Salvação de um Santo, que eu já baixei. Bem, o próximo livro que foi traduzido, é isso. Existem oito livros nesta série em japonês, mas apenas três - 3, 5 e 6 - foram traduzidos até o momento.

Recomendado!



Comentário deixado em 05/18/2020
Selina Diflorio

Maravilhoso. Eu raramente dou cinco estrelas, mas essa ganhou.

Meu segundo livro que li por Higashino e adoro a escrita dele. Este foi ainda melhor do que O NOME DO JOGO É UM FILHO, e posso ver como os leitores que gostaram da DEVOÇÃO DE SUSPEITO X primeiro ficaram decepcionados. Isso foi feito com maestria. Mais uma vez, há um uso hábil de desorientação e, novamente, eu vi tantas peças, mas uma - uma reviravolta deliciosa.

Isso me atraiu e, apesar do mistério em si, o jogo é ótimo, gostei das interações entre Ishigami e Yukawa. De fato, o resto da história se tornou um tanto irrelevante quando eu entrei na história de amizade e competição.

E a matemática. Suponho que entendi Ishigami muito bem, essa compulsão e impulso que podem afinar a realidade, de modo que tudo o que resta é o quebra-cabeça - é uma coisa muito viciante, onde a realidade é uma distração da caçada. E enquanto alguns podem achar isso trágico, eu não. No começo, talvez, mas quando tudo estiver resolvido, acho que Ishigami encontrou sua resposta.

"I told him there is no such thing in this world as a useless cog, and that even a cog may decide how it is to be used."
Comentário deixado em 05/18/2020
Polivy Lanser

Não é uma whodunit, mas sim uma maneira de escapar impulsivamente. No final do primeiro capítulo, Yasuko Hanoaka e sua filha Misato mataram o ex-marido de Yasuko, Togashi. Você poderia argumentar que era em legítima defesa, mas esse não é o ponto. O vizinho de Yasuko, o pesado Ishigami de rosto redondo, ouve a comoção e deduz sua situação. Claramente apaixonado por Yasuko, ele oferece seus serviços para encobrir o crime. "Confie em mim", diz ele, "O pensamento lógico nos ajudará a superar isso".

Ishigami, o gênio da matemática preso em um emprego sem saída no ensino médio, encontra-se confrontado com seu ex-colega de classe Manabu Yukawa, o professor de física que passa pelo apelido de inspetor Galileu quando ele ajuda nas investigações policiais. A certa altura, Yukawa pergunta se é mais difícil criar o problema insolúvel ou resolvê-lo.

É o que está acontecendo aqui. Por um lado, você está trabalhando com Ishigami para criar o álibi perfeito enquanto trabalha ao lado de Yukawa tentando encontrar as fendas na armadura e desmantelar o crime perfeito. Há pistas suficientes para provocá-lo, mas Higashino continua jogando bolas de curva.

Uma tradução clara de uma prosa direta e profissional que impulsiona a história adiante - essa foi, para mim, uma abordagem única do gênero de suspense.
Comentário deixado em 05/18/2020
Eolande Grell

'The Devotion of Suspect X', do autor japonês Keigo Higashino, é um incrível quebra-cabeças da polícia sobre um mistério! Não é o crime em si - a vítima do assassinato e o assassino são revelados no primeiro capítulo. É durante as investigações do assassinato por dois outros personagens após o assassinato que são feitas descobertas ainda mais chocantes.

Este livro é melhor se for lido a frio, sem ler as resenhas ou críticas da capa. Ou pare por aqui ou, se precisar, gentil leitor, continuarei.

Quando eu comecei este romance, uma recomendação de Poonam (Ok, se eu mencionar, Poonam?), Eu não tinha nenhuma idéia sobre o romance. Mais tarde, aprendi que é o número 3 da série Detective Galileo. Absolutamente pode ser lido como um autônomo, e eu quero ler os outros livros da série. Não houve problemas com a tradução do japonês para o inglês.

Manabu Yukawa é apelidado de "Detetive Galileo" pelo detetive de Tóquio Kusanagi. Yukawa é um professor de física que também é um gênio. Em algum caso anterior, Kusanagi conheceu Yukawa, descobrindo o quão hábil o professor é em resolver crimes complicados, então Kusanagi às vezes passa pela sala de aula ou pelo laboratório do professor para visitá-lo.

O corpo de Shinji Togashi é descoberto pelo rio Old Edogawa pela polícia. Sem o conhecimento dos detetives, sua ex-esposa Yasuko Hanaoka e sua filha de um casamento anterior, Misato, o mataram. Mas Togashi era uma pessoa terrível e ele estava tentando forçar Yasuko a dar-lhe dinheiro - novamente. Yasuko se mudou várias vezes para se esconder de Togashi, mas ele sempre a encontrava. Nesta última vez, porém, há uma luta violenta e Misato e Yasuko o matam. O vizinho do lado, Ishigama, que é professor de matemática, ouve tudo. Ele tem uma queda não correspondida por Yasuko. Ele diz a Yasuko que ele levará o corpo e a ajudará a esconder todas as evidências do crime. Ela concorda. O que se segue é um jogo de gato e rato, ou talvez um jogo de xadrez, que eu acho que pode ser a analogia mais adequada entre os assassinos e a polícia e entre Yukawa e Ishigama. É uma coincidência incrível, mas Yukawa e Ishigama eram amigos na faculdade, tendo sido unidos porque ambos eram os gênios da escola.

Eu amei esse romance! Obrigado Poonam pela recomendação.
Comentário deixado em 05/18/2020
Alexander Tropp

Existem alguns livros que apenas te deixam obcecado por algo e nunca saem da cabeça.
Depois de "Assassinato de Roger Ackroyd", "E então não houve", a devoção ao suspeito se tornou a favorita de primeira na minha "lista de suspense e mistério".
Enredo simples,
Execução inteligente,
Mentira decepção,

culminar é realmente um "Awe, que porra é essa".

Amantes do Whodunit! não perca isso ..
Comentário deixado em 05/18/2020
Emory Bormuth

Acionar avisos: assassinato, violência doméstica implícita

BEM. Isso me surpreendeu. Li Six Four de Hideo Yokoyama recentemente e, embora gostei muito, levei muito tempo para chegar ao ponto em que realmente gostei. Por outro lado, adorei basicamente da página um.

Quero dizer, eu definitivamente não esperava saber desde o início quem era o assassino e depois ver a história se desenrolar enquanto a polícia tentava descobrir quem é o assassino e o assassino espera nervosamente para ver se eles serão pegos ou não. .

Os personagens eram ótimos, a escrita era emocionante, e a maneira como a coisa toda se desenrolava era bastante perturbadora.
Comentário deixado em 05/18/2020
Winnie Donathan

Enquanto lia este livro tão excitado, raramente me lembravam Dhrishyam, o estrelista de Ajay Devgan, onde um álibi era similarmente usado para encobrir um assassinato. Embora existam diferenças significativas, também existem semelhanças significativas. Sem entrar no debate sobre plágio, devo dizer que o livro de Higashino era uma trama e um mistério sólidos. Mas a última página ... Err .... Arruinou para mim.

Deixe um comentário para A devoção do suspeito X